Metal e Loucuras

Metal e Loucuras

domingo, 17 de agosto de 2014

Profanus

O quarto trabalho de estúdio dos baianos do Mystifier é o que mais o distancia do black metal, pois tem bases de guitarra bem death metal, apesar da parte lírica ainda conservar toda essência black e em algumas passagens de teclado ainda levarem aquela morbidez tradicional. Mas também é o álbum mais bem produzido da banda. Lançado em 2001 através da Encore Records contou com Beelzeebubth nas guitarras, Louis Bear na bateria, Asmoodeeus nos vocais, Leandros nos teclados e Bruno Rheys no baixo.
O álbum abre com risadas tiradas das profundezas dos infernos e a música Unspeakable Dementia, uma faixa perfeita para abrir o petardo.
O Mystifier desfilou faixas de extremo bom gosto neste trabalho, alternando passagens mais calmas e arrastadas a outras mais aceleradas, uma evolução natural ao EP Demystifying The Mystified Ones...de 1999. Como diferencial os vocais que além de alternarem entre rasgados e guturais ainda aparecem de forma limpa (nada naquele estilo gótico bonitinho) mas gritado. Difícil citar maiores destaques pois o álbum é bem homogênio, mas dá pra perceber uma leve evolução na sequência em que as músicas foram dispostas no álbum, chegando a 'Celebrate the Antichristian Millennium', uma das melhores, 'Showing The Evil in Our Hearts' (matadora) e 'Hangman's Noose'. Um disco para mostrar pra galera que acha que metal nacional de qualidade no Brasil morreu nos anos 90, estava errada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário